Dicas sobre segurança no trânsito.

Dicas de segurança são sempre bem vindas não é? Por isso, vou usar esse artigo para dar dicas de segurança para uma viagem, mas que também servem para o dia a dia.

 

Além disso, vou falar sobre os tipos mais conhecidos de manutenção, exemplificando-os e explicando as especificidades de cada um.

 

 

> Tipos de Manutenção

 

– Corretiva: Seu farol apaga e você leva o seu carro na oficina para que o mecânico conserte isso, é um exemplo de manutenção corretiva.

 

A manutenção corretiva ocorre sem previsão e normalmente é feita com urgência. Infelizmente ela também é a mais comum entre os três tipos de manutenção e isso deveria ser ao contrário, pois se tivéssemos uma boa manutenção preventiva e preditiva, a manutenção corretiva seria desnecessária e se fosse bem feita, seria realizada com bem menos incidência.

 

– Preventiva: Você percebe que já está muito tempo com o mesmo fluído de freio e leva o seu carro até a oficina para que o mecânico possa trocar o fluído antes que ocorra algum problema com o sistema do carro. Isso é um exemplo de manutenção preventiva.

 

Ela é a mais barata dos três tipos, pois ainda não há nenhum problema, além de ser programada e se bem feita, as chances do seu carro quebrar em um momento oportuno é bem difícil.

 

– Preditiva: O seu pneu tem o tempo de 2 anos de uso, quando ele está com um ano e oito meses de uso você vai lá e troca, isso é uma manutenção preditiva.

 

A manutenção preditiva é uma variação da preventiva, no entanto, ela usa como base a vida útil das peças para ter uma base de quando deve ser feita. A diferença para a preventiva é que ela é feita sem programação e a diferença para a corretiva é que ela é feita antes da peça quebrar.

 

 

Agora que você já sabe os tipos de manutenção, escolha a melhor para o seu carro (eu aconselho a manutenção preventiva) e vamos para algumas situações em particular.

 

  • Dicas de segurança automotiva para uma viagem

 

1°Dica: Manutenção preventiva

segurança no trânsito

 

 

 

Uma ou duas semanas antes de viajar é bom que você realize a manutenção preventiva, não é bom fazer muito em cima da hora, pois se o seu carro precisar ficar parado por um tempo, você perderá todo o cronograma da sua viagem.

 

Se você não tiver um local certo para fazer essa manutenção, escolha um local que possua o selo de qualidade IQA, esse selo está para as oficinas como o selo de qualidade ISO está para as empresas, então fique ligado nisso.

 

2°Dica: Use o cinto de segurança

 

Você sabia que usando o cinto de segurança você consegue aumentar em 75% a sua chance de sobrevivência? Incrível não é?

 

Sim, então, não só você, mas todos os passageiros devem estar com o cinto de segurança, pois ele influência diretamente no bom funcionamento do próximo fator.

 

3°Dica: Mantenha uma boa distância do Air Bag

 

Cerca de 40 centímetros para o passageiro e 25 centímetros para o motorista, pois se ficar em uma distância abaixo dessa, a pancada pode do air bag pode ser mais forte do que o esperado e trazer consequências ruins e contrárias do que a empresa prevê.

 

O cinto influência diretamente no bom funcionamento do air bag, pois quanto mais você vai para frente em um acidente, maior será a sua batida atrás quando o air bag te empurrar. Com o cinto você diminui a amplitude do seu movimento e a batida atrás será menor.

Dicas de segurança no trânsito.

 

 

 

4°Dica: Cuidado com as malas

 

A bagagem deve ser colocada no porta malas ou no pé do passageiro que está no banco da frente e em mais lugar nenhum, é bom avisar isso pois muitas pessoas colocam malas no tampão do porta malas que fica no interior do carro e quando ocorre um acidente ou uma freada brusca, tudo que está solto ali em cima vai para a cabeça dos passageiros.

 

Um exemplo: Se você está a 80 Km/h e tem uma mala que pesa 7 kilos, no ato da batida a mala será arremessada com um peso de 350 Kg, isso mesmo, o peso irá aumentar 50 vezes.

 

Sabendo disso tudo, espero que você tome as precauções antes de viajar e até mesmo no dia a dia, para que a chance de acidentes diminua muito e se caso houver um, você ainda saia vivo dele.

 

Até o próximo artigo!